Projeto Temático Anual "Ciência para a Paz !"

  • A ESALQ criou, em 2015, um espaço para a discussão de temas de interesse social, que envolva a comunidade do Campus USP “Luiz de Queiroz” e Piracicaba, visando estimular reflexões e apresentar iniciativas já existentes nas áreas de ensino, pesquisa, extensão e gestão na Universidade.

    Com base na Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, que norteia ações e programas das Nações Unidas e de seus países membros rumo ao desenvolvimento sustentável, e com o foco em princípios de ciência e de cidadania, o Campus USP “Luiz de Queiroz” se dedicará a um dos objetivos mencionados pela ONU como de suma importância para a humanidade e para o planeta nos próximos 15 anos que é a Ciência para a Paz.



Objetivos

  • 1) Dar visibilidade aos projetos e ações relacionados ao tema principal e aos temas transversais já em andamento na ESALQ;

    2) Fomentar a consciência socioambiental, especialmente dos acadêmicos, utilizando a multidisciplinaridade e a interdisciplinaridade com a escolha de temas transversais relacionados com a grade disciplinar dos cursos da instituição, com a finalidade de estimular o espírito de cidadania, a inovação, o empreendedorismo, a ética e as posturas humana e profissional durante a formação acadêmica;

    3) Identificar, incentivar e propor estratégias para o enfrentamento dos desafios globais e locais relacionados ao tema proposto;

    4) Promover a sinergia dos diversos públicos do Campus para a potencialização de ações comuns e integradas;

    5) Firmar a ESALQ como instituição de referência em temas sociais;

    6) Envolver o público interno da ESALQ por meio de ações conjuntas com os diversos públicos externos à instituição.


Sobre 2017

SOBRE CIÊNCIA

Conforme Pedro Goergen : “Ciência não diz respeito apenas às ciências exatas, mas também àqueles outros domínios do saber que tratam das relações humanas, da ética, da cultura, da educação, enfim, todo o saber nascido do exame sistemático e cuidadoso dos temas referentes ao ser humano. Parece-nos de fundamental importância fazer esta explicação porque só assim podemos falar de um conceito de universidade no sentido da universalidade do saber e da relação entre ciência e sociedade. Se falássemos da relação entre ciência e sociedade, reduzindo o conceito de ciência à visão das ciências naturais e exatas, estaríamos, no mínimo, praticando um erro de origem, pois ciência, a nosso ver, é um conceito muito mais amplo do que aquele restrito às ciências exatas e naturais”.

SOBRE PAZ

Deve ser promovida pela humanidade para a construção de sociedades pacíficas, justas e inclusivas, livres do medo e da violência. “Não pode haver desenvolvimento sustentável sem paz, e não há paz sem desenvolvimento sustentável", conforme relata o documento publicado pela ONU.

Diminuir a violência, a desigualdade social, os conflitos, a fome, os impactos ambientais e promover a inclusão são requisitos para a geração e a manutenção da paz. A Ciência, dentre outros objetivos, deve proporcionar a qualidade de vida por meio de melhorias tecnológicas, sociais, produtivas, econômicas e ambientais.

A ESALQ vem estimulando e expandindo este princípio em suas áreas de atuação em nível local, regional, nacional e internacional. Só para citar alguns exemplos, a ciência produzida na Universidade vem contribuindo para resolver problemas e propor soluções em relação à genética, máquinas agrícolas, agrometeorologia, fitopatologia, nematologia, tecnologia de alimentos, gastronomia molecular, sementes, modelagem, matemática, estatística, florestas, biologia, licenciatura, zootecnia, economia, administração e sociologia. Para dar continuidade a esta contribuição, o tema da Paz precisa estar intrínseco a formação das pessoas, no ensino de graduação e de pós-graduação, na pesquisa e na extensão de forma transversal e interdisciplinar.

Esta é a proposta do Tema de 2017, compartilhada com as demais unidades do Campus USP em Piracicaba - Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA), Centro de Tecnologia da Informação “Luiz de Queiroz” (CeTI-LQ) e Prefeitura do Campus USP “Luiz de Queiroz” (PUSP-LQ), para que a comunidade do Campus promova e participe de atividades sob a perspectiva da “Ciência para a Paz”, com base nos eixos temáticos transversais.


Eixos temáticos transversais


  • I - Ciência e Paz na
    Agricultura e Alimentação

    Combate à Fome e à Pobreza; Desenvolvimento Agrícola; Melhoria da Nutrição; Segurança Alimentar; Acesso aos Alimentos; Planejamento Agrícola; outros.

  • II - Ciência e Paz na
    Agricultura e Educação

    Disseminação de conhecimentos por meio da publicação de artigos, livros, material em mídia eletrônica; Encontros, Programas, Projetos para Disseminação de Informações; outros.

  • III - Ciência e Paz na
    Agricultura e Inclusão

    Assistência Técnica nas áreas Agrícola, Alimentar, de Desenvolvimento Rural e Florestal; Programas de Cooperação e de Informação ao alcance de todos; Distribuição de Alimentos; Acessibilidade no Campo; outros.

  • IV - Ciência e Paz na
    Agricultura, Preservação e Conservação

    Desenvolvimento Sustentável, Aumento da Produção, Preservação de Recursos Naturais, Relação Homem-Natureza; Produção e Consumo Sustentável; Restrições de Recursos Naturais – Solo, Água; Mudanças Climáticas; outros.

  • V - Ciência e Paz na
    Agricultura e Energia

    Consumo de Energia e Produtividade Agrícola; Recursos Energéticos; Produção Agrícola Eficiente; Consumo de Energia – Insumos, Combustível, Irrigação, Transporte; outros.

  • VI - Ciência e Paz na
    Agricultura e Inovação

    Inovações Tecnológicas na Agricultura; Novas Técnicas, Tecnologias e Soluções aplicados na Cadeira de Produção e Distribuição de Alimentos; outros.



Grupos de trabalho


Grupo Gestor

Responsável: Carmen M. S. F. Pilotto
Apoio: Luciana Joia de Lima

Grupo Comunicação

Responsável: Alicia M. C. N. Aguiar
Apoio: Luciano Roberto Tapia, Carmen M. S. F. Pilotto, Luciana Joia de Lima e Cristiano Ferrari

Grupo Parcerias

Responsável: Luciana Joia de Lima
Apoio: Carmen M. S. F. Pilotto

Grupo Desafio

Responsável: Carmen M. S. F. Pilotto
Apoio: profa. Rosebelly Nunes Marques, Sueli Pereira Nunes (Divisão de Comunicação) e Ana Maria de Meira (USP Recicla)

Grupo Extensão

Responsável: Carmen M. S. F. Pilotto
Apoio: Maria de Fátima Durrer, Ana Maria Meira, Chefes de Departamento e Diretorias das unidades do campus

Grupo Graduação

Responsável: prof. Luis Eduardo Aranha Camargo e prof. Eduardo Eugênio Spers
Apoio: Coordenações de Curso e Carmen M. S. F. Pilotto


Concurso • “Desafio Ciência para a Paz”

Regulamento


A Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, da Universidade de São Paulo (USP), situada à Avenida Pádua Dias, número 11, Piracicaba, SP, lança o “Desafio Ciência para a Paz”, na forma de concurso nas categorias “Frases”, “Fotos” e “Tirinhas”, atividade do Projeto Temático anual, com apoio da Prefeitura do Campus USP “Luiz de Queiroz”, do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA) e Centro de Tecnologia da Informação “Luiz de Queiroz” (CeTI-LQ).

A participação neste concurso é voluntária e gratuita a todos os membros da comunidade do Campus “Luiz de Queiroz” e da comunidade externa, não está sujeito a qualquer espécie de cobrança ou à necessidade de qualquer desembolso por parte dos participantes, nem a quaisquer fatores aleatórios, como por exemplo, modalidade de sorteio.


Artigo I - Sobre o Projeto Temático

O Projeto Temático anual da ESALQ teve início em 2015 como um espaço para a discussão de temas de interesse social, que envolvam a comunidade universitária e Piracicaba, visando identificar, incentivar e propor estratégias para o enfrentamento dos desafios globais e locais relacionados ao tema proposto no ano.


Artigo II - Sobre o Tema de 2017: "Ciência para a Paz"

Com base na Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, que norteia ações e programas das Nações Unidas e de seus países membros rumo ao desenvolvimento sustentável, e com o foco em princípios de ciência e de cidadania, foi definido o tema de 2017, mencionado pela ONU como de suma importância para a humanidade e para o planeta nos próximos 15 anos que é a Ciência para a Paz.


Artigo III - Dos Eixos Temáticos do Tema 2017

1) Ciência e Paz na Agricultura e Alimentação (Combate à Fome e à Pobreza; Desenvolvimento Agrícola; Melhoria da Nutrição; Segurança Alimentar; Acesso aos Alimentos; Planejamento Agrícola; outros.);

2) Ciência e Paz na Agricultura e Educação (Disseminação de conhecimentos por meio da publicação de artigos, livros, material em mídia eletrônica; Encontros, Programas, Projetos para Disseminação de Informações; outros.);

3) Ciência e Paz na Agricultura e Inclusão (Assistência Técnica nas áreas Agrícola, Alimentar, de Desenvolvimento Rural, Florestal; Programas de Cooperação e de Informação ao alcance de todos; Distribuição de Alimentos; Acessibilidade no Campo; outros.);

4) Ciência e Paz na Agricultura, Preservação e Conservação (Desenvolvimento Sustentável, Aumento da Produção, Preservação de Recursos Naturais, Relação Homem-Natureza; Produção e Consumo Sustentável; Restrições de Recursos Naturais – Solo, Água; Mudanças Climáticas; outros.);

5) Ciência e Paz na Agricultura e Energia (Consumo de Energia e Produtividade Agrícola; Recursos Energéticos; Produção Agrícola Eficiente; Consumo de Energia – Insumos, Combustível, Irrigação, Transporte; outros.);

6) Ciência e Paz na Agricultura e Inovação (Inovações Tecnológicas na Agricultura; Novas Técnicas, Tecnologias e Soluções aplicados na Cadeia de Produção e Distribuição de Alimentos; outros.).


Artigo IV - Das Categorias

  • Frases

    Podem participar do concurso de frases, todos os cidadãos maiores de 18 anos, abordando sobre o tema “Ciência Para a Paz”.

    As inscrições devem ser individuais.

    Cada participante poderá escrever no máximo 3 (três) frases em língua portuguesa, sendo vedada coautoria, com até 250 (duzentos e cinquenta) caracteres (contabilizados com espaços).

    A avaliação das frases considerará os seguintes critérios: adequação a um dos eixos temáticos, criatividade, clareza de expressão e originalidade.

    As inscrições terminam no dia 31 de agosto de 2017.

    Clique aqui para fazer sua inscrição.


  • Fotos

    Podem participar do concurso todos os cidadãos, abordando sobre o tema “Ciência Para a Paz”.

    As inscrições devem ser individuais e cada participante poderá apresentar no máximo 3 (três) fotos.

    A fotografia digital, colorida ou em preto e branco, deve estar em formato JPG, JPEG, RAW ou TIFF sem compressão, com tamanho mínimo de 3543 x 2362 pixels (equivalente a 30cm por 20cm) e resolução de 300 dpi. As fotos não devem ser manipuladas, ou seja, alteradas em programas de edição de imagens.

    Caso a foto contenha pessoas retratadas, fica o participante encarregado de fazer o download do "Termo de autorização de uso de imagem de pessoas retratadas nas fotografias", imprimi-lo, coletar a(s) assinatura(s) da(s) pessoa(s) retratada(s) e fazer o upload desse Termo, em formato PDF, no formulário de inscrição.

    Esta categoria do Desafio integrará a 3ª Edição da Exposição Fotográfica “Visões da Ciência”, cujo tema é “Ciência Para a Paz”.

    A avaliação das fotos considerará os seguintes critérios: adequação a um dos eixos temáticos, criatividade, originalidade e estética.

    As inscrições terminam no dia 31 de agosto de 2017.

    Clique aqui para fazer sua inscrição.


  • Tirinhas

    Podem participar do concurso Tirinhas, todos os alunos matriculados no ensino médio e no ensino superior.

    As inscrições poderão ser individuais ou em grupo de até 3 (três) integrantes.

    Cada participante/grupo poderá escrever até 3 (três) tirinhas, sendo que cada uma deverá ser apresentada em, no máximo, uma lauda (A4) em arquivo formato PDF.

    A avaliação das tirinhas considerará os seguintes critérios: adequação a um dos eixos temáticos, criatividade, clareza de expressão e originalidade.

    Quando a tirinha for elaborada por um grupo, a inscrição deverá ser feita pelo coordenador desse grupo e os nomes dos demais membros deverão ser indicados no Formulário de Inscrição.

    As inscrições terminam no dia 31 de agosto de 2017.

    Clique aqui para fazer sua inscrição.

    IMPORTANTE: aos classificados na categoria Tirinhas, será solicitado comprovante de matrícula atualizado.



IMPORTANTE: os participantes deste Desafio poderão se inscrever nas 3 Categorias, com a classificação em cada uma. Porém, será permitido ganhar apenas um prêmio, o que representar a classificação de maior escala.



Artigo V - Das Premiações


FRASES
1º lugar: Tablet;
2º lugar: Fone de ouvido esporte estéreo, sem fio;
3º lugar: Pen drive com capacidade de 64 GB.


FOTOS
1º lugar: Tablet;
2º lugar: Porta-retrato digital;
3º lugar: Pen drive com capacidade de 64 GB.


TIRINHAS

Ensino Médio
1º lugar: Bicicleta;
2º lugar: Fone de ouvido esporte estéreo, sem fio;
3º lugar: Pen drive com capacidade de 64 GB.

Ensino Superior
1º lugar: Bicicleta;
2º lugar: Fone de ouvido esporte estéreo, sem fio;
3º lugar: Pen drive com capacidade de 64 GB.



Artigo VI - Das Comissões Julgadoras

Todas as Comissões Julgadoras do "Desafio Ciência para a Paz” serão formadas por profissionais da área pertencentes ao quadro de docentes, funcionários e alunos do Campus “Luiz de Queiroz”, do Fórum dos Dirigentes de Ensino Superior de Piracicaba, Delegacia de Ensino e representantes de Entidades Municipais e Estaduais que tratam do tema, que não poderão se inscrever no Desafio.

Não é permitida a participação da Comissão Julgadora do Desafio ou da Comissão Organizadora do Projeto "Desafio Ciência para a Paz” e/ou pessoas que tenham com eles vínculos familiares, consanguíneos ou afins, em linha reta ou colateral, até o terceiro grau.


Artigo VII - Dos Prazos

O período de inscrições será de 22 de maio a 31 de agosto de 2017, lembrando que devem respeitar as exigências dispostas neste regulamento. Só serão avaliados pela Comissão Julgadora os materiais entregues dentro do prazo citado. Não serão aceitas frases de cunho imoral, que contenham termos pejorativos e/ou ofensivos. Também não serão aceitos materiais que façam referências elogiosas ou agressivas. Os materiais enviados sem as informações necessárias, que não contiverem os dados completos, que forem incorretamente preenchidos, ou que não permitirem a perfeita identificação e localização dos participantes serão eliminados.

Os candidatos eleitos vencedores serão contatados antes do dia da premiação. As premiações serão entregues aos concorrentes eleitos vencedores em cerimônia oficial a ser realizada na 60ª Semana Luiz de Queiroz, entre 9 e 11 de outubro de 2017, em local, data e horário a serem definidos.


Artigo VIII - Contato

As dúvidas sobre o Desafio podem ser encaminhadas para o e-mail cerimonial.esalq@usp.br .




Contato

  • Ciência para a Paz!

    Projeto temático do Campus "Luiz de Queiroz" 2017


    Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
    da Universidade de São Paulo

    Av. Pádua Dias, 11 • Cx. Postal 9 • Piracicaba • SP
    CEP 13418-900

    Fone: (19) 3429-4110
    cerimonial.esalq@usp.br