EXTENSÃO

Os desafios para a produção mundial de alimentos são constantes e crescentes, acompanhando a evolução populacional em ocorrência. No Brasil, um país com ampla variabilidade, estes desafios são ainda maiores. Associado a isto se somam os aspectos culturais, econômicos e sociais, que interferem e geram uma tendência de descontrole demográfico.
Uma das principais saídas para a sustentabilidade da evolução é a produção de alimentos via uma agricultura embasada em pesquisas que gerem tecnologias de ponta e subsidiem todo o processo produtivo. Essa tecnologia gerada tem seu caráter experimental e de profunda aplicabilidade, necessitando, portanto de um veículo que à transporte da academia (centros de pesquisa, universidades, etc...) até o produtor rural, real usuário desta. É neste ponto que atuam órgãos que em sua conformação contam com profissionais e meios específicos para difusão da tecnologia desenvolvida.
Com este espírito de “condução” de tecnologias é que o INCT-EI com seu apoio técnico-científico vem atuando para a evolução da agricultura, uma vez que além de possuir seu caráter de geração de pesquisas aplicadas, ainda busca por intermédio de parcerias, a difusão de tecnologias geradas em qualquer órgão, mas que tem sua aplicabilidade comprovada e certificada pelo mesmo.
Corroba dentro dos princípios do INCT-EI o suporte técnico a produtores de diferentes faixas de acesso a tecnologias, isto se faz importante, num cenário agrícola onde a agricultura familiar responde por 38% do valor bruto da produção rural (R$ 54 bilhões/ano), contabilizando quase 5,5 milhões de propriedades em todo o paÍs, sendo responsável pela maior taxa de emprego no campo (78%), aproximadamente 12 milhões de pessoas em uma área de 24% do total explorado atualmente pela agricultura (X Senso Agropecuário - IBGE, 2009). Esses dados revelam a enorme contribuição dessas pequenas propriedades na segurança alimentar e na formação da economia primária do país, e deixa claro que aportes técnicos-científicos são demanda crescente, para que o sistema produtivo mantenha-se sustentável.
A contribuição do INCT-EI caminha para a realização de parcerias com órgãos de apoio a produtores, cooperativas, empresas, e demais, tendo como principal forma de difusão de tecnologias, a realização de eventos técnicos, científicos, mini-cursos, treinamentos, tanto em campo quanto em laboratório, oferecendo a toda a comunidade agrícola ferramentas para acompanhamento preciso e direcionado de produtores que buscam a melhoria de suas condições de cultivo e sobrevivência.
Para isto, o INCT-EI adota em seu corpo técnico, profissionais gabaritados e com larga experiência científica e prática, que sempre em conjunto, atuam em atividades de interesse agronômico comuns, ligadas aos recursos hídricos como um todo, além de se prontificarem abertamente a receber novas demandas, que necessitem de pesquisas para comprovação de eficiência, antes de serem oferecidas aos produtores rurais.

Projetos

- Sistemas e Componentes de_irrigação

- Processos de outorga e licenciamento do uso da água na atividade agrícola

- Deficit hídrico na produção da laranjeira

 


 

     

Copyright © , Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia - Engenharia da Irrigação (INCT-EI)
Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia - Engenharia da Irrigação (INCT-EI)
Av. Pádua Dias, 11 - Vila Independência - Piracicaba - SP - CEP : 13418260
Tel.: (19) 34478562 - e-mail: angelads@usp.br - webdesigner: tuon@usp.br