Home Cursos Dicas Estatísticas

Site jovem da Esalq!

                              

A cidade

ESALQ

Ciências Biológicas

Anterior Próximo

Número de vagas = 30 

Período noturno  

Duração: 5 anos  

Grade curricular

O Curso de Graduação em Ciências Biológicas é oferecido conjuntamente pela Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ) e pelo Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA), do Campus da ESALQ/USP em Piracicaba/SP.

Com duração mínima de cinco anos nossa grade curricular possibilita ao aluno optar pela graduação na categoria de Licenciatura ou Bacharelado em Ciências Biológicas existindo, inclusive, a possibilidade de se formar em ambas as categorias, no período de seis anos e sem a necessidade de novo ingresso por vestibular. 

Como todo curso deste gênero, apresenta como objeto geral o estudo da Biologia que, por definição, significa "o estudo da vida", e em decorrência da centenária tradição em ensino e pesquisa em Agricultura deste campus, o Curso de Ciências Biológicas da ESALQ apresenta um grande diferencial, que é a ênfase nas áreas agrícola e ambiental, conferindo aos Biólogos da ESALQ além de uma sólida formação básica necessária ao exercício da profissão, também a possibilidade de especialização em áreas de concentração atualizadas às necessidades de mercado, conferindo ao Curso características especiais, a saber:

  1. Biologia Agrícola: Preparando um profissional apto a exercer pesquisas e ensino em toda a área biológica da agronomia, visando o aumento de produção através de melhoramentos genéticos e do desenvolvimento de pesquisas em nutrição, doenças e ambiente de animais, vegetais e microrganismos de interesse econômico, além de projetos de recuperação de áreas degradadas e matas ciliares, ou atuar na resolução de problemas que estão se tornando cada vez mais usuais, devido ao mosaico de paisagens resultantes das atividades antrópicas realizadas em certas regiões do país, como o que encontramos no Estado de São Paulo. 

    Estes mosaicos englobam áreas de atividades agropastoris, remanescentes florestais e ambientes urbanos, necessitando de um manejo específico para que todas as atividades necessárias possam continuar sendo executadas, sem perdas irreparáveis ao ambiente, no geral, e para o próprio ser humano, em particular. Poderá atuar em institutos de pesquisa, como o Instituto Biológico, Agronômico ou Florestal, Universidades públicas e/ou privadas, bem como na EMBRAPA e COPERSUCAR;
      
  2. Manejo da Vida Silvestre: Nesta área percebeu-se, já há alguns anos, que a criação de animais silvestres em cativeiro não era plausível para a exploração dos recursos naturais. Desde então se tornou possível ao Biólogo, a participação na implementação de sistemas de exploração extensiva, que favoreçam e permitam a conservação de espécies ameaçadas (principalmente devido à caça intensa e à degradação dos habitat), proporcionando desta forma a geração de renda e, o mais importante garantindo a valorização do habitat pelas populações humanas envolvidas, que passam a compreender a importância da conservação das espécies.

    Cabe ainda ao Biólogo, verificar os padrões de distribuição e abundância das espécies silvestres (levantamento da biodiversidade para sua posterior conservação) e, assim, direcionar o manejo mais adequado, acompanhando/monitorando o ecossistema de forma a detectar o quanto antes os reais problemas existentes. No caso de encontrar padrões de distribuição fora do normal, o Biólogo é capaz de realizar um diagnóstico para determinar as possíveis causas envolvidas na questão; construir modelos de simulação para os padrões detectados; checar, em campo, os modelos gerados e, posteriormente monitorar de forma periódica os padrões encontrados.
  3.   
  4. Biotecnologia: Em um sentido amplo, a biotecnologia pode ser definida como sendo qualquer aplicação de um processo biológico na elaboração de um produto de valor comercial. A biotecnologia pode utilizar microrganismos, plantas e animais na produção de alimentos, medicamentos e compostos químicos que são úteis às pessoas pelas modernas técnicas de biologia molecular, genômica e engenharia genética. 

    Uma vez que a biotecnologia contribui para um amplo ramo de atividades, tem sido vista como uma das principais forças da economia mundial no século XXI. Uma de suas principais características é a multidiciplinariedade, ou seja, envolve a interação de várias áreas das ciências agrárias, biológicas e da saúde, tais como: genética, bioquímica, biologia celular e molecular, microbiologia, botânica, zoologia, entre outras. 

    A ESALQ tem sido atuante e pioneira no desenvolvimento de projetos de pesquisas em áreas estratégicas e de tecnologia de ponta como a genômica, bioinformática e transgenia. Desta forma, o Biólogo especialista em biotecnologia apresentará capacitação para atuar em centros de pesquisa públicos ou privados.
  5.     
  6. Licenciatura: Atendendo a legislação vigente e os indicativos da Comissão Permanente de Licenciatura da Usp, a grade curricular do Curso de Ciências Biológicas da ESALQ vem oferecer a formação de professores de ciências e de biologia, preparando-os para lecionar, tanto na educação básica, como no ensino superior e em atividades educativas não formais.

    Convém salientar que todas estas áreas de especialização, não surgem em detrimento das áreas básicas, tendo, o Biólogo formado pela ESALQ, uma sólida formação nas áreas básicas tradicionais, como: botânica, genética, zoologia, ecologia, bioquímica e biofísica.

    Em todos os Cursos oferecidos pela ESALQ e CENA, o ambiente é de suma importância e, portanto, é tratado com grande seriedade, mais especificamente o Curso de Ciências Biológicas, pois apresenta as áreas de Biologia Agrícola, Manejo da Vida Silvestre e Biotecnologia, diretamente relacionadas com a manutenção e recuperação do ambiente. 

    Tanto a ESALQ e CENA são unidades reconhecidas no país e internacionalmente pelos projetos na área ambiental. 
    Com base na seriedade, na excelente formação dos professores e pela presença atuante da ESALQ e CENA nas pesquisas de grande reconhecimento científico e tecnológico podemos afirmar que este Curso de Ciências Biológicas está formando profissionais diferenciados. 

    Tendo-se em vista que o Curso surgiu diante das prioridades atuais, ele foi montado não somente aproveitando a infra-estrutura e potencial tecnológico que o campus da USP na cidade de Piracicaba tem a oferecer, mas também, com o objetivo de atender as necessidades do mercado atual e futuro.

São atribuições do Biólogo:

Pesquisa básica e aplicada nas diferentes áreas das Ciências Biológicas;
Desenvolvimento de atividades educacionais;
Conservação da Biodiversidade;
Organização, coordenação e participação de equipes multidiciplinares na pesquisa e no uso dos recursos naturais renováveis;
Gerenciamento e execução de tarefas técnicas nas diferentes áreas do conhecimento biológico;
Prestação de consultorias e perícias, elaboração de pareceres; desenvolvimento de idéias e ações estratégicas, capazes de ampliar e aperfeiçoar sua área de atuação; lecionar no ensino fundamental, médio e superior;
Atividades em Unidades de Conservação, Jardins Botânicos, prestando serviços de EIA-RIMA, além de poder atuar em Instituições de Ensino e/ou pesquisa.

 

 

Vestibulando - Venha prá Esalq!

@ 2005 - Seção de Informática da Esalq
Atualizado em 01 junho, 2005