Home Cursos Dicas Estatísticas

Site jovem da Esalq!

                              

A cidade

ESALQ


Curso de Engenharia Agronômica

Anterior Próximo

Número de vagas: 200

Período integral

Duração: 5 anos

Grade curricular

Foto

 

Áreas de conhecimento que o estudante de Engenharia Agronômica poderá atuar:

Produção Vegetal

Produção Animal

Agroindustria, Alimentos e Nutrição

Manejo Ambiental

Economia e Administração Agroindustrial

Engenharia Rural

Biotecnologia

A essência da Agronomia está ligada à produção de alimentos de origem vegetal e animal. O Engenheiro Agrônomo é o profissional capacitado para o manejo sustentável dos recursos naturais renováveis visando à produção agropecuária, assim como a transformação, comercialização, assistência técnica e gerenciamento de todos os setores ligados à cadeia produtiva agroindustria

 

Produção Vegetal

A área de Produção Vegetal tem por objetivo preparar o aluno para a vida profissional com ampla e sólida formação técnica associada a visão atual da cadeia agronômica, capacitando-o para uma das seguintes atividades: planejamento do uso da terra; gênese e classificação do solo; manejo do solo; gerenciamento de grandes culturas; produção de sementes e mudas agrícolas; melhoramento genético vegetal; cultura de legumes, fruticultura, floricultura, silvicultura; culturas irrigadas; parques e jardins; plantas medicinais; defesa fitossanitária; biotecnologia vegetal, biologia molecular; sistemas de produção e manejo de culturas em ambientes controlados; armazenamento e secagem de grãos; técnicas de pós-colheita; comercialização de produtos agrícolas; agricultura orgânica; uso de implementos e máquinas na agricultura; experimentação agrícola; estatística experimental.

Produção Animal

A área de concentração em Produção Animal procura propiciar ao aluno um treinamento acadêmico com ênfase nos aspectos relacionados com a cadeia produtiva pecuária e os fatores envolvidos com a obtenção de produtos de origem animal (carne, leite, ovos, lã, couro, etc.).

Para isso, é necessário que o aluno domine aspectos de nutrição animal, manejo sanitário, genética e melhoramento de animais, produção de alimentos e balanceamento de rações, produção de forragem e manejo de pastagens, gerenciamento de fazendas e de rebanhos, aspectos econômicos, entre outros. 

Com isso, espera-se que o futuro profissional esteja capacitado a atuar na área de produção animal das mais diversas maneiras, seja como um técnico gerenciando uma grande fazenda produtora, ou como um pesquisador trabalhando na iniciativa privada ou em instituição do governo.

Agroindustria, Alimentos e Nutrição

A área de Agroindústria, Alimentos e Nutrição tem por objetivo formar profissionais habilitados para atuar no segmento final da cadeia agroalimentar e assim participar efetivamente do sistema agroindustrial. 

O profissional formado esta capacitado a atender a agroindústria suprindo-a com a tecnologia adequada para a conservação da matéria prima, transformação e distribuição dos alimentos. 

Para tanto, os alunos deverão ter sólida formação nesta área que envolve: técnicas de pós-colheita; métodos de conservação; microbiologia e deterioração; tecnologia da transformação de alimentos de origem vegetal e animal; biotecnologia de alimentos e bebidas; produção de álcool; nutrição; bromatologia; reciclagem de resíduos agroindustriais; comercialização de produtos agrícolas; agribusiness, marketing e estratégias empresariais.

Manejo Ambiental

A área de Manejo Ambiental forma o profissional preparado para atuar no estudo e manejo dos ecossistemas naturais, dos agroecossistemas e na recuperação de areas degradas, integrando o homem ao ambiente atraves da aplicação de métodos e técnicas baseados nos conceitos de sustentabilidade ecológica, social e econômica. 

Para tornar-se apto a atuar nesta área o aluno terá as seguintes matérias: planejamento do uso da terra; agroclimatologia; gênese e classificação de solos; manejo e conservação de solos tropicais; biologia do solo; ecologia aplicada; análise fisica do ambiente; poluição do solo; topografia avançada; sensoriamento remoto; proteção dos recursos hídricos; manejo de bacias hidrográficas; silvicultura; conservação da natureza; conservação e aproveitamento de recursos genéticos; análise de impactos humanos sobre o ambiente; relatório de impacto ambiental; química do ambiente; reciclagem de resíduos agroindustriais; recursos energéticos do ambiente e desenvolvimento rural; uso racional de defensivos agrícolas; controle biológico de pragas; ecologia humana; educação ambiental; paisagismo; parque e jardins; sistemas de irrigação e drenagem; desenvolvimentos de sistemas mecanizados de baixo impacto sobre o ambiente e economia de recursos naturais renováveis.

Economia e Administração Agroindustrial

A área de Economia e Administração Agroindustrial tem por objetivo preparar profissionais que, além da formação na produção vegetal, animal e nas técnicas agroindustriais, possuam conhecimentos de economia, administração e mercados agroindustriais. 

O profissional formado deverá ter uma visao integrada e sistêmica do chamado "agribusiness", sendo capaz de tomar decisões dentro e fora da porteira da fazenda, administrando o processo de produção e o relacionamento com o mercado consumidor. 

Os alunos desta área cursarão matérias profissionalizantes abrangendo: planejamento e uso da terra; economia e política agrícola; administração rural; comercialização de produtos agricolas; desenvolvimento econômico e social; comércio internacional; agribusiness; marketing; estratégia empresarial; cooperativismo; transporte e logística agroindustrial; instituições de direito; economia de recursos naturais; estatística aplicada e organização de bancos de dados.

Engenharia Rural

A área de Engenharia Rural visa preparar o aluno para habilitá-lo a atuar na elaboração e execução de edificações e estradas rurais, planejamento e gerenciamento de sistemas mecanizados, geoprocessamento, manejo de recursos hídricos, projetos e operação de sistemas de irrigação, drenagem e adução de água, observando sempre os critérios de sustentabilidade ecológica que devem nortear todas estas operações. 

Os conhecimentos são ministrados através das matérias que abrangem: elaboração e análise de projetos; topografia e geoprocessamento; construções rurais e conforto térmico ambiental; estradas rurais; ergonomia e segurança no trabalho; eletrificação rural; geologia e manejo conservacionista do solo; sistemas mecanizados agrícolas; uso e desempenho de máquinas na agricultura; transporte e logística no sistema agroindustrial; hidrologia e hidráulica aplicada; projeto e manejo de irrigação; pesquisa operacional; geração e difusão da tecnologia; controle de qualidade; banco de dados; marketing e estratégias empresariais. 

Biotecnologia

A área de Biotecnologia tem por objetivo preparar profissionais para ocupar posições com vantagem competitiva para desenvolver tecnologia de ponta na área de engenharia genética, biologia celular e molecular em produção agrícola, florestal e em zootecnia. 

O profissional formado estará capacitado a incorporar modernas técnicas biotecnológicas na produção como também poderá continuar estudos de pós-graduação.

Os conhecimentos gerados nas disciplinas e aulas práticas de laboratório desenvolvendo experimentos com utilização de tecnologia de grande impacto científico trará ao profissional a capacitação necessária em resolver problemas nas diversas áreas da ciência biológica.

O curriculum é multidisciplinar, envolve vários departamentos e oferece aos alunos grande número de disciplinas para sua formação.

Foto do Laboratório de Biotecnologia da ESALQ.

Leia a seguir o excelente texto da Profa. Helaine Carrer,  Coordenadora da Área de Concentração em Biotecnologia no biênio 2000/2001:

A Biotecnologia e a Engenharia Genética estão revolucionando todas as áreas do conhecimento da agropecuária até a medicina. Os analistas dizem que o século XXI será o século da biotecnologia. Portanto, trata-se de uma área estratégica e de grande interesse na ESALQ.

As pesquisas que vem sendo desenvolvidas nos vários laboratórios do Campus “Luiz de Queiroz” são reconhecidas internacionalmente e com freqüência são assuntos dos principais jornais do país.

Os trabalhos visam o avanço da produtividade na  agropecuária, melhoria da qualidade dos alimentos, desenvolvimento de estratégias que reduzam o uso de pesticidas, entre outras utilizando técnicas de biologia molecular.

Os alunos que optarem pela área de concentração em biotecnologia serão incentivados a  participarem ativamente dos trabalhos em laboratório e assim irão aprender sobre as técnicas do DNA Recombinante participando das pesquisas em andamento. Portanto, é de fundamental importância que os alunos participem do dia a dia de um laboratório, aprendendo como o material genético (DNA) produz as diferentes proteínas dos organismos e como a manipulação do DNA pode alterar as características visando o melhoramento genético das espécies.

Os alunos aprendem como e porque são produzidas as plantas e os animais transgênicos e suas aplicações, além de serem estimulados a participar das discussões sobre este assunto. Outras áreas de particular interesse e relevância são a Genômica e a Bioinformática.

Vários laboratórios participam  dos projetos de Seqüenciamento de espécies (Genoma/FAPESP) tais como:  cana-de-açúcar, bactérias que atacam plantas e diversos outros organismos.

Estes trabalhos colocaram o Brasil junto aos principais centros de pesquisa no mundo nesta área, tornando-se uma referência internacional."

 

Vestibulando - Venha prá Esalq!

@ 2005 - Seção de Informática da Esalq
Atualizado em 01 junho, 2005