Bacharelado em Engenharia Florestal

Bacharelado | 40 vagas anuais | integral | 5 anos

 

A PROFISSÃO

O engenheiro florestal trabalha com recursos naturais renováveis da floresta. Atua no desenvolvimento de projetos de implantação, restauração, manejo, conservação e exploração florestal, processamento, desenvolvimento e industrialização de produtos provenientes de florestas naturais e plantadas. Sua atividade busca conciliar a produção com a conservação dos recursos naturais.

CURRÍCULO ACADÊMICO

O curso oferece ao aluno disciplinas básicas nas áreas das ciências exatas e biológicas como cálculo, física, bioquímica, biologia celular, genética, botânica e zoologia; profissionalizantes gerais como interação clima-planta, microbiologia, solos, máquinas agrícolas, sociologia e construções rurais; profissionalizantes específicas como produção de sementes e mudas florestais, planejamento de plantios, colheita e transporte florestal, industrialização de produtos florestais, estudo de leis e políticas públicas relacionadas às florestas brasileiras, conversação e uso racional de florestas nativas.

Consulte

INFRAESTRUTURA

A Esalq/USP oferece excelente infraestrutura física e humana: a preocupação está além da qualidade de salas e laboratórios. As aulas concentram-se no Departamento de Ciências Florestais com salas de aula climatizadas, laboratórios de informática, salas de estudo, mais de 15 laboratórios técnicos, duas fazendas escola (Anhembi/SP e Itatinga/SP) para estágios de práticas rotineiras da profissão, viveiro florestal e biblioteca com mais de 100 mil títulos voltados aos temas das áreas.

O curso conta com professores doutores com alta qualificação profissional, cuja proximidade com os alunos é bastante valorizada. Outro diferencial na formação do engenheiro florestal é a extensão universitária, com oportunidades de participação em grupos internos ou externos à USP, estágios em empesas do setor e oportunidades no exterior, o que lhe permite especializar-se nas áreas em que mais lhe agradem.

MERCADO DE TRABALHO

O engenheiro florestal pode atuar em:

  • Setor Privado: propriedades rurais, empresas, indústrias de grande, médio e pequeno porte, empresas de prestações de serviços nas áreas de projeto, implantação e administração de atividades de silvicultura e manejo de florestas plantadas; elaboração, execução e fiscalização de projetos de adequação ambiental, análise de impactos ambientais, educação ambiental, manejo de bacias; processos de produção de madeira serrada, móveis, celulose, papel, bioenergia, e outros produtos extraídos da floresta.
  • Organizações não-governamentais (ONG’s);
  • Orgãos públicos: setores de controle, fiscalização, planejamento e administração de florestas, órgãos de conservação do meio-ambiente, prefeituras municipais, unidades de conservação.
  • Instituições de ensino superior e de pesquisa: docência, pesquisa, desenvolvimento tecnológico, e extensão.

Ao aluno que cumprir também as disciplinas do programa de Licenciatura em Ciências Agrárias é conferido um segundo diploma, que lhe permite dar aulas em escolas de ensino técnico de ciências agrárias.

O aluno que participar do programa de dupla-diplomação com instituições de ensino francesas recebe dois diplomas, um nacional e outro internacional, o que lhe possibilita atuação em mercado estrangeiro.

Consulte

Site do curso de Engenharia Florestal

CONTATO

Comissão de Coordenação do Curso de Engenharia Florestal


Saiba mais