Disciplina - detalhe

ECO5047 - Dimensões Humanas da Conservação e Manejo de Vida Silvestre


Carga Horária

Teórica
por semana
Prática
por semana
Créditos
Duração
Total
10
10
8
4 semanas
120 horas

Docentes responsáveis
Katia Maria Paschoaletto Micchi de Barros Ferraz
Silvio Marchini

Objetivo
Apresentar os fundamentos das Dimensões Humanas da Conservação e Manejo de Vida Silvestre ; o que é e para que serve essa abordagem. Expor o aluno a todas as etapas da pesquisa em Dimensões Humanas, da conceitualização à análise dos dados à apresentação dos resultados. Discutir com base em casos reais as aplicações das Dimensões Humanas na conservação e manejo da vida silvestre e de outros recursos naturais e na resolução de problemas ambientais em geral.

Conteúdo
Parte I. Fundamentos. Dimensões humanas e Gestão de Vida Silvestre; Ciências naturais x ciências sociais; Fauna-Habitat-Humanos; Problemas de conservação e manejo como "wicked problems": ciência incompleta, relações obrigatórias de perda-ganho (tradeoffs) e conflitos inerentes de interesse; Interdisciplinaridade na tomada de decisão: modelos de tomada estruturada de decisão. Parte II. Como entender o público. Bases teóricas. Comportamento humano como ponto de partida. Fatores que determinam comportamentos. Cognições, sentimentos, motivações, habilidades. Teorias para entender e prever comportamentos: Antropologia, Economia, Sociologia, Psicologia. Metodologia de pesquisa; Delineamento; Pesquisa qualitativa x quantitativa; Pesquisa descritiva, exploratória e explanatória; Mensuração: formatos e escalas; Confiabilidade e validade da mensuração; Amostragem e erro; Representatividade e generalidade; Obtenção de dados; Pessoas como fontes de informação; Métodos: observação, entrevista, questionário, Big Data; Abordagens participativas; Análise dos dados: qualitativa e quantitativa. Parte III. Como influenciar o público para fins de conservação e manejo. Planejamento de intervenções; Como usar os resultados da pesquisa para: Identificar os comportamentos relevantes, Definir os grupos de interesse, Escolher as intervenções mais efetivas, Entender e manejar conflitos de interesse; Facilitação para atingir consenso; Intervenções para mudança de comportamento: Incentivos (financeiros, sociais e pessoais) e envolvimento comunitário, Educação e comunicação: ferramentas de Marketing. Combinando intervenções; Integrando as dimensões naturais, sociais e comportamentais em estratégias mais efetivas de conservação e manejo. Ética da conservação e manejo. Parte IV. Como avaliar e monitorar resultados. Indicadores de sucesso de intervenções; Indicadores gerenciais e de desempenho.

Bibliografia
Bryman, A. 2012. Social research methods. Oxford: Oxford Univ. Press.
Clayton, S. e Myers, G. 2009. Conservation psychology: Understanding and promoting human care for nature. Wiley-Blackwell, Chichester.
Corbett, J. B. 2006. Communicating nature: How we create and understand environmental messages. Washington, DC: Island Press.
Day, B. A., e Monroe, M. C. 2000. Environmental education & communication for a sustainable world: Handbook for international practitioners. Washington, DC: Academy for Educational Development.
Decker, D.J., S.J. Riley, e W.F. Siemer, eds. 2012. Human Dimensions of Wildlife Management, second edition. Johns Hopkins University Press, Baltimore.
Gardner, G.T. e Stern, P.C. 2002. Environmental problems and human behaviour. Pearson Custom Publishing, Boston.
Herda-Rapp, A., e Goedeke, T. L. 2005. Mad about wildlife: Looking at social conflict over wildlife. Leiden: Brill.
Jacobson, S.K., McDuff, M.D. e Monroe, M.C. 2006. Conservation education and outreach techniques. Oxford University Press, Oxford.
Manfredo, M.J. 2008. Who Cares About Wildlife? Social Science Concepts for Exploring Human-Wildlife Relationships and Conservation Issues. Springer, Nova York.
McKenzie-Mohr, D., e Smith, W. A. 1999. Fostering sustainable behavior: An introduction to community-based social marketing. Gabriola Island, BC: New Society Publishers.
Mulder, M. B., e Coppolillo, P. 2005. Conservation: Linking ecology, economics, and culture. Princeton, N.J: Princeton University Press.
Newing, H., Eagle, C. M., Puri, R. K., e Watson, C. W. 2011. Conducting research in conservation: Social science methods and practice. London: Routledge.
Vaske, J.J., 2008. Survey Research and Analysis: Applications in Parks, Recreation and Human Dimensions. Venture Publishing, Pennsylvania.