Iniciação Científica na ESALQ

A iniciação científica (IC) é uma modalidade de pesquisa acadêmica desenvolvida por alunos de graduação sob a supervisão de um orientador. É uma oportunidade que permite ao aluno desde cedo entrar em contato com o meio científico, através de uma introdução sistemática à atividade de pesquisa. A presença do aluno de graduação na pesquisa faz com que ele desfrute de um ambiente de trabalho em equipe, aprenda a adquirir senso crítico responsável e, sobretudo, inicie-se na prática de uma postura profissional acompanhada de responsabilidade para com a ciência e a sociedade.

O estudante que se torna também pesquisador aprende em seus primeiros momentos da pesquisa acadêmica a síntese de observações ou experiências, a sistematização de ideias, a elaboração de relatórios, a apresentação de resultados em eventos e até mesmo a redação de artigos com apoio de seu orientador. Desta forma o aluno participa de todas as atividades que envolvem uma carreira de pesquisa, enriquecendo o seu aprendizado.

Ao participar de um programa de iniciação científica, o aluno complementa sua formação acadêmica aliando a prática ao conhecimento adquirido em sala de aula, passando a produzi-lo, reavaliá-lo ou até mesmo recriá-lo. O estudante conta assim, com uma experiência a mais em sua carreira, que serve como um diferencial de aplicação do método científico que, futuramente, pode conferir ao jovem uma oportunidade no mercado de trabalho. Portanto, a iniciação científica tem papel fundamental no aprimoramento do ensino.

A ESALQ proporciona a seus alunos muitas oportunidades de iniciação científica em diversas áreas de conhecimento unto com outros campi, participa, desde 1995, do Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP (SIICUSP), evento no qual os alunos da ESALQ e de outras Unidades da USP desfrutam de uma experiência de interação com outros projetos de IC, adquirem vivência na apresentação de seus projetos e resultados obtidos, e mostram a importância de seus projetos para a ciência.