Documentação solicitada

A documentação deve estar completa, caso contrário a inscrição não será aceita no processo seletivo. 

  1. Formulário de inscrição assinado e com foto 
  2. Carta do candidato contendo indicação de dois nomes e respectivos contatos para referências, conforme modelo que pode ser obtido neste link.
  3. Comprovante de pagamento da taxa de inscrição (ver antes item 3 em Condições para a inscrição) no valor de R$ 100,00 (cem reais). O pagamento deve ser feito exclusivamente através de boleto bancário do Banco do Brasil. Clique aqui para gerar o boleto.
    - Solicitações de redução da taxa (50%) devem ser enviadas até 10/8/2024, exclusivamente através de formulário online. Detalhes » 
    - Candidatos estrangeiros que se encontram no exterior estão dispensados de pagar a taxa no ato de inscrição. Se selecionados, porém, deverão pagá-la ao efetuar a primeira matrícula.
    - Candidatos estrangeiros que estejam cursando graduação ou pós-graduação no Brasil e se encontram no exterior no momento da inscrição não estão dispensados de pagar a taxa no ato de inscrição.
  4. Currículo Vitae na plataforma Lattes (CNPq) atualizado e em formato PDF (não anexar documentos comprobatórios)
  5. Histórico escolar do curso superior
  6. Diploma do curso superior - frente e verso
    - Caso ainda não o possua, apresentar documento comprobatório de colação de grau.
    - Caso ainda esteja cursando a graduação, apresentar atestado de provável formando.
    Atenção: caso obtenha aprovação no processo seletivo, a apresentação de documento que não o diploma obriga a apresentação, no ato da matrícula, de documento comprobatório em que conste data de colação de grau (dia/mês/ano) anterior ao último dia de matrícula na Esalq. A apresentação do documento é indispensável para efetuar a matrícula.
  7. Somente para inscrição no doutorado: histórico escolar do mestrado 
  8. Somente para inscrição no doutorado: diploma do mestrado - frente e verso
    Caso ainda não o possua, apresentar certificado de defesa indicando o título obtido e respectiva data de homologação (dia/mês/ano).
    Caso ainda esteja cursando o mestrado, apresentar atestado de previsão de defesa, emitido pelo orientador.
    Título de mestre obtido no exterior deve estar acompanhado da comprovação de reconhecimento ou equivalência de título.
    Atenção: caso obtenha aprovação no processo seletivo, a apresentação de documento que não o diploma obriga a apresentação, no ato da matrícula, de documento comprobatório em que conste a data de homologação do título anterior ao último dia de matrícula na Esalq. A apresentação do documento é indispensável para efetuar a matrícula.

Documentação complementar para candidatos autodeclarados (PAA – Políticas de Ações Afirmativas)

Candidatos que queiram participar das vagas reservadas às políticas de ações afirmativas deverão se autodeclarar através de formulário específico para cada condição, a ser preenchido e juntado aos demais documentos solicitados no processo seletivo.

  • Pretos, pardos, indígenas: formulário de autodeclaração
  • Quilombolas: formulário de autodeclaração
  • Pessoas com deficiência: formulário de autodeclaração
  • Pessoas trans: formulário de autodeclaração
  • Pessoas que tenham cursado o ensino médio integralmente em escola pública:
    Formulário de autodeclaração
    - Documento comprobatório de procedência do ensino médio em escola pública (Histórico Escolar de todas as séries do Ensino Médio - frente e verso
  • Pessoas em situação de refúgio, apátridas e portadoras de visto humanitário. Nesta condição, é necessário apresentar o formulário de autodeclaração e comprovação de uma das três condições abaixo:
    a) Condição de refugiado: documento expedido pelo Comitê Nacional para os Refugiados (CONARE), devidamente reconhecido pelo governo brasileiro; 
    b) Condição de apátrida: documento expedido pelo órgão competente do Governo Federal; 
    c) Condição de ser portador de visto humanitário:  documento expedido nas hipóteses da legislação aplicável vigente ou possuir autorização de residência/permanência no Brasil, concedida pelo órgão competente do governo brasileiro, decorrente da condição de beneficiário de visto humanitário expedido em conformidade com a legislação nacional. Deverá também possuir, no ato da inscrição e durante todo o processo seletivo, autorização de residência oficial no Brasil. A manutenção da autorização oficial de residência no país será obrigatória também ao longo de toda a duração do curso de Pós-Graduação para o qual a pessoa tenha sido selecionada.

Exame de proficiência em língua inglesa: no caso de aprovação no processo seletivo, o aluno deverá comprovar sua proficiência em língua inglesa em até 12 meses da data da primeira matrícula no curso. Os certificados serão aceitos de acordo com a pontuação descrita no endereço www.esalq.usp.br/pg/proficiencia-lingua-inglesa, respeitada a sua validade ou por 2 (dois) anos após a sua data de emissão.