Febre Maculosa - Ações

Programa de Controle

O Programa de Controle de Carrapatos-estrela no Campus “Luiz de Queiroz” envolve ações para monitoramento da população de carrapatos-estrela em locais em que esses tenham maior possibilidade de serem encontrados. As atividades são desenvolvidas cotidianamente no Campus, sob a coordenação do engenheiro agrônomo Carlos Alberto Pérez e a colaboração de três estagiários bolsistas da PUSP-LQ. Essas ações tem o suporte operacional e financeiro da Diretoria da ESALQ, da Prefeitura do Campus USP "Luiz de Queiroz", bem como o apoio de  funcionários ligados aos Departamentos de Produção Vegetal (LPV), de Zootecnia (LZT) e de Engenharia de Biossistemas (LEB).

Rotinas no Campus

1. Monitoramento da infestação e controle do carrapato-estrela em áreas externas aos prédios e em campos experimentais;
2. Monitoramento e controle de carrapatos em áreas de lazer com grande circulação de pessoas no Campus;
3. Instalação, restauração e conserto de alambrados, visando ao controle do trânsito de hospedeiros primários silvestres do carrapato-estrela;
4. Atividades educativas como a realização de palestras e seminários voltados à comunidade interna e externa, bem como distribuição de panfletos;
5. Instalação e manutenção de placas informativas em locais com restrição de acesso.

Estudos:

1. Coleta de amostras de potenciais inimigos naturais para o controle biológico do carrapato-estrela;
2. Adequação de EPI’s contra picadas do carrapato-estrela para usuários de áreas com risco de infestação no Campus.

Eventos

Seminário – 2006

Em 23 de novembro de 2006, ocorreu na ESALQ o Seminário “Carrapatos: Bioecologia, Febre Maculosa e Controle”, com o objetivo de promover um debate sobre a situação da Febre Maculosa Brasileira.

A programação do evento contemplou palestras ministradas por especialistas do Ministério da Saúde, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP, Instituto Butantan e Unicamp, que abordaram os seguintes temas: “A Vigilância Epidemiológica da Febre Maculosa Brasileira”, “Epidemiologia da Febre Maculosa Brasileira no Brasil e nas Américas”, “Distribuição Geográfica e Preferências Ecológicas de Espécies Vetoras da Febre Maculosa Brasileira”, “Bioecologia e Controle Ambiental de Amblyomma cajennense no Campus “Luiz de Queiroz”.

Workshop - 2012

De 29 a 31 de outubro de 2012, a Superintendência de Gestão Ambiental (SGA) da USP organizou, em São Pedro, o Workshop Capivara-Carrapato-Febre Maculosa. A ação reuniu especialistas na temática da Febre Maculosa e os elementos que compõem o ciclo de interação da doença com o ambiente e os seres humanos (dinâmica da doença, hospedeiros e vetores).

O formato do encontro foi proposto por uma Comissão Organizadora, ligada à SGA, e constituiu-se na apresentação de palestras divididas em três mesas redondas, cujos temas foram respectivamente: i. Biologia e Manejo de Capivaras; ii. Etiologia da Febre Maculosa; e iii. Diagnóstico e Medicina Preventiva e Clínica. Além dos palestrantes, foram convidados outros especialistas nas áreas para o enriquecimento dos debates.

Ao final, todos os presentes puderam contribuir com discussões em Grupos de Trabalho (GTs) relacionados com os três temas supracitados. Dessa forma, cada GT teve a oportunidade de elaborar e propor algumas Diretrizes para nortear as ações dos campi da USP no sentido de minimizar/eliminar os fatores que influenciam a ocorrência da Febre Maculosa e que foram amplamente apresentados pelas palestras e debates do evento.

Panfletos

1 – do Campus
2 – da Prefeitura do Município de Piracicaba